Em série, fotógrafo prova que não existe “trabalho de homem”

O americano Chris Crisman tem a certeza de que “gênero não deve determinar oportunidades de trabalho”

“Eu nunca conheci uma açougueira”, pensou o fotógrafo Chris Crisman ao ouvir a história de uma profissional que largou o emprego em um escritório para cortar carne de forma sustentável. Algumas semanas depois, o americano estava no açougue da moça para fotografá-la em ação.

Assim nasceu a incrível série “Women’s Work” – Trabalho de Mulheres, em tradução livre –, com mulheres de diferentes cidades americanas exercendo suas profissões, consideradas “trabalhos masculinos”, como operadora de máquinas, criadora de porcos e cervejeira. “Eu fui criado para acreditar que eu poderia ser o que quisesse quando crescesse. Eu quero passar uma mensagem parecido aos meus filhos, sem ressalvas. Quero que eles saibam que têm pais que os apoiam a fazer qualquer coisa que pela qual tenham paixão”, explicou Chris, pai de um garoto de quatro anos e uma menina de dois, em entrevista ao site A Photo Editor.

Leia também: Annie Leibovitz quer retratar cada vez mais mulheres empoderadas

O projeto começou em fevereiro e o Chris passou a divulgar as fotos na internet, como em seu perfil no Instagram. Para ele, “gênero não deve determinar oportunidades de trabalho”. Confira algumas das fotos maravilhosas:

Leeann Johnson, Haul Truck Driver, Round Mountain Gold Mine Leeann Johnson, operadora de caminhão de reboque na mina de ouro Round Mountain, Nevada.

Leeann Johnson, operadora de caminhão de reboque na mina de ouro Round Mountain, Nevada. (Chris Crisman/)

 

Christina Burris, Brewer and Operations Manager, St. Benjamin’s Brewing, Philadelphia, PA. Christina Burris, cervejeira e gerente de operações na Cervejaria St. Benjamin’s, Filadélfia, Pensilvânia. (Chris Crisman)

Christina Burris, cervejeira e gerente de operações na Cervejaria St. Benjamin’s, Filadélfia, Pensilvânia. (Chris Crisman) (/)

Mindy Gabriel, bombeir em Upper Arlington, Ohio. (Chris Crisman)

Mindy Gabriel, bombeir em Upper Arlington, Ohio. (Chris Crisman) (/)

Beth Beverly, taxidermista na Filadélfia, Pensilvânia. (Chris Crisman)

Beth Beverly, taxidermista na Filadélfia, Pensilvânia. (Chris Crisman) (/)

Sadie Samuels, pescadora de lagosta em Rockport, Maine. (Chris Crisman)

Sadie Samuels, pescadora de lagosta em Rockport, Maine. (Chris Crisman) (/)

Carol Warn, operadora de lixiviação na Companhia Mineradora de Marigold, em Nevada. (Chris Crisman)

Carol Warn, operadora de lixiviação na Companhia Mineradora de Marigold, em Nevada. (Chris Crisman) (/)

farmer Nancy Poli, criadora de porcos em Stryker Farms em Saylorsburg, Pensilvânia. (Chris Crisman)

Nancy Poli, criadora de porcos em Stryker Farms em Saylorsburg, Pensilvânia. (Chris Crisman) (/)

Veja também: Fotógrafo retrata filha em poses de obras famosas