Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Rachel Jordan Especializada em imagem, comportamento e protocolos internacionais, Rachel Jordan é consultora, instrutora, palestrante e ministra cursos e workshops por todo o Brasil sobre imagem e comportamento no ambiente profissional

O que esperar de 2021 quando o assunto é comportamento profissional?

Rachel Jordan tem algumas dicas que vão ajudar a vencer o medo do desconhecido e a apostar na profissional que você é em 2021

Por Rachel Jordan Atualizado em 1 jan 2021, 16h53 - Publicado em 30 dez 2020, 13h00

Esperança. Essa palavra repleta de simbolismos talvez seja a que melhor represente o sentimento de milhões de pessoas ao redor do Planeta nessa virada de ano. Começaremos 2021 movidos pelo profundo desejo de que o pior tenha ficado para trás e que, finalmente, um novo horizonte comece a despontar nos trazendo oportunidades de recomeços para virar definitivamente a chave de 2020 e voltar a viver plenamente.

Estamos apostando nossas fichas na vacina, torcendo para que ela também chegue para nós, brasileiros, o mais rápido possível. Queremos tocar nossas vidas, concretizar sonhos e projetos que foram arquivados. Milhões de pessoas perderam seus empregos em consequência da crise econômica que ganhou força na pandemia. O que mais desejamos é que esse vírus seja banido, afastando essa onda de medo e insegurança que insiste em nos derrubar desde março, quando a OMS decretou a pandemia.

Mas, afinal, o que podemos esperar desse novo ano no que se refere à vida profissional? Talvez a resposta não seja tão complexa como imaginamos. E mais: pode estar dentro de cada uma de nós. Primeiramente, é fundamental entender que nada acontece de forma isolada, sem que façamos algum movimento. Não podemos esperar que as coisas mudem instaladas em nossa zona de conforto, paralisadas pelo medo do desconhecido.

O primeiro alvo de mudanças somos nós. Comece você a abrir caminhos para promover as transformações que tanto deseja e precisa nesse novo ano. É claro que 2020 nos paralisou e nos deixou perplexos diante de uma crise sanitária sem precedentes, e que, literalmente, parou o mundo em alguns momentos ao longo de um ano tão sofrido.

Mas agora, minha gente, é hora de arregaçar as mangas e ir à luta. Estamos conscientes de que ainda precisaremos conviver com uma série de questões; a máscara e o distanciamento social serão algumas delas. A pandemia, infelizmente, ainda não acabou. No entanto, esse cenário sombrio não pode continuar nos impedindo de seguir em frente, de lutar para conquistar aquilo que merecemos e precisamos.

Vamos abrir nosso olhar e ampliar nosso pensamento com atitudes concretas para mudar a realidade que nos sugou em 2020. Muitas de nós tivemos nossas vidas reviradas, perdemos nossos empregos, tivemos que reinventar projetos e vimos nossos sonhos serem adiados ou descartados. Sem falar na perda de entes queridos, essa, sim, irreparável.

Continua após a publicidade

Mas nem tudo está perdido. Projeções baseadas em pesquisas indicam que o mercado de trabalho começará a dar sinais de aquecimento ainda nos primeiros meses de 2021, trazendo alento para aquelas que buscam novas oportunidades. Precisamos estar preparadas para este momento. É hora de investir em você, de buscar novos aprendizados, agregar e/ou compartilhar conhecimentos. Hora de dar o start que que pode resultar numa grande guinada depois de um ano tão complicado.

A pandemia provocou imensas transformações no mercado de trabalho, algumas profissões ganharam status de protagonistas. Outras estão despontando e abrindo espaço para quem deseja investir em algo novo ou empreender em outra área. Estou convencida de que quando tomamos determinadas atitudes, o universo conspira a nosso favor e as pedras começam a se mover de forma positiva.

Que tal começar 2021 acreditando em você e no seu potencial para mudar o atual cenário? Abaixo algumas dicas que vão ajudar a vencer o medo do desconhecido e a apostar na profissional que você é.

Novas profissões – Ninguém tem dúvidas de que o trabalho remoto, que já era uma tendência antes da pandemia, veio para ficar. Cada vez mais as empresas adotarão a forma de trabalho híbrido, associando o remoto ao presencial. Novas profissões estão surgindo, principalmente na área de tecnologia, exigindo novos perfis profissionais. Faça cursos, se atualize e ganhe novas habilidades para surfar nessa onda do mercado.

Conexões – O momento é de ampliar horizontes, criar redes de contato ou reativar as antigas. Muitas empresas estão investindo em contratos temporários para atender novas demandas da empresa. Muitos desses acordos funcionam como uma espécie de teste para uma contratação definitiva, é a oportunidade de mostrar seu potencial. Pesquise, busque oportunidades em áreas de interesse ou invista em novos conhecimentos. As chances de se recolocar no mercado será bem maior se você estiver conectado com a nova realidade.

Em alta – Algumas carreiras deram um salto na pandemia. Profissionais que atuam nas áreas de saúde, marketing, comunicação, arquitetura e em estratégias de mercado, por exemplo, estão sendo muito requisitados. Lembre-se de que muitas pessoas estão descobrindo talentos em outras áreas, mudando o foco e abrindo espaço em novos setores. Desapegue do que não deu certo. Faça pesquisas regulares para avaliar profissões que estão em alta e que podem se adequar ao seu perfil.

Social em destaque – A pandemia provou, definitivamente, que robôs não substituem seres humanos em muitas situações. Profissionais que possuam atributos associados ao viés social e com características mais humanizadas estão na mira das empresas e se tornaram peças valiosas para o crescimento de times e valorização de marcas. Fique atenta a essa fatia de mercado.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade