CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS
Rachel Jordan Referência no mercado de consultoria de imagem, Rachel Jordan é especialista em comportamento profissional e atua como consultora, mentora e palestrante para empresas e pessoas que desejam desenvolver suas habilidades emocionais e alavancar a carreira. Co-autora do Livro À Sua Moda – 4Talks, Rachel também ministra cursos e workshops na área

Como estabelecer metas que ajudem na sua trajetória profissional

Você é o gerente da sua vida e das suas escolhas. Então se planeje, se prepare, indica Rachel Jordan

Por Rachel Jordan Atualizado em 18 jan 2021, 13h23 - Publicado em 18 jan 2021, 13h30

A cada início de ano traçamos novas metas para nossas vidas. Da viagem dos sonhos à guinada profissional, preparamos nossa lista de desejos movidas pela esperança de que o novo ciclo nos abrirá outros horizontes. O problema é que, muitas vezes, essas propostas não saem do nosso pensamento, não é verdade? Com receio de novas frustrações, nos tornamos reféns da nossa zona de conforto, esperamos que as peças se movam sem que façamos algo concreto para que essas aspirações se realizem.

Se você começou 2021 reavaliando sua trajetória profissional ou desejando atingir outro patamar em sua carreira, o segredo é: planejamento. Este é o primeiro passo para sair do lugar onde você se encontra neste momento e trilhar uma nova estrada. É bom não nos esquecermos de que é necessário estabelecer metas claras para alcançar nossos objetivos. Entendo que para muitas de nós esse movimento não é tão simples quanto parece. Muitas vezes ficamos perdidas, sem saber exatamente qual é o nosso propósito e o que nos realizará verdadeiramente.

Primeiramente, é importante conhecer sua essência e identificar suas habilidades, enxergar o que você pode oferecer de melhor. Não adianta pensar em profissões que estão em alta no mercado, ou se encantar pelo sucesso da concorrência, se essas alternativas não forem compatíveis como a pessoa que você é, com a carreira que de fato deseja seguir para se sentir realizada. O melhor para cada uma de nós é o que nos fará felizes e seguras. Somos melhores quando nossas escolhas são baseadas em quem somos, na nossa verdade.

Essas são apenas algumas das razões que nos demonstram o quanto é essencial planejar o que desejamos para a nossa carreira e, consequentemente, para a nossa vida. Fazer uma análise do atual cenário em que você se encontra é um ótimo ponto de partida. Avalie os pontos positivos e negativos da sua trajetória profissional neste momento e vislumbre onde pretende chegar em dois, cinco ou 10 anos.

Elabore um plano de ações e trace estratégias baseadas nos objetivos que deseja atingir de maneira clara. Essa é uma forma de nos sentimos mais seguras e equilibradas para enfrentar as dificuldades que provavelmente encontraremos pelo caminho. Não adianta vislumbrar objetivos praticamente impossíveis de serem atingidos, essa é uma maneira de jogar contra você e seu crescimento.

A ideia é se sentir motivada a seguir em frente e não gerar frustrações que paralisem seu movimento. Uma boa estratégia para manter a motivação em alta é estabelecer pequenas metas que ofereçam possibilidades de avanços mais imediatos. Um bom exemplo pode ser um curso de curto prazo que agregue valor ao seu currículo. Você sonha trabalhar numa multinacional, mas não tem domínio de outras línguas? Não use esse impedimento como desculpa para desistir de seu objetivo. Pesquise possibilidades viáveis para atingir essa meta.

Continua após a publicidade

O mais importante é entender que você é o gerente da sua vida e das suas escolhas. Então se planeje, se prepare para enfrentar os obstáculos que possam surgir em sua trajetória profissional com coragem e inteligência emocional. Abaixo cinco dicas de como planejar melhor a sua carreira.

Otimismo – Podemos escolher a maneira como desejamos enfrentar as adversidades e os desafios da nossa trajetória profissional. Não deixe que os pequenos obstáculos tirem a sua motivação e o seu entusiasmo. Foque nos seus objetivos com pensamento positivo, acreditando que é possível virar o jogo e alcançar suas metas.

Networking – Manter um bom relacionamento interpessoal no seu ambiente de trabalho é essencial. As redes de apoio vão se formando em cada um dos lugares por onde passamos. Mostre-se sempre presente, seja uma profissional confiável, procure manter contato com as pessoas com quem você trabalhou, demonstre interesse pelo crescimento dela e não a procure somente quando estiver precisando. No futuro, essa pessoa poderá ser fundamental na sua trajetória profissional.

Realidade – Não planeje sua carreira baseada no sucesso de outra pessoa. Cada um tem a sua história e um caminho a trilhar. Trace objetivos realistas e possíveis de serem alcançados. Isso não significa que você deva pensar pequeno, muito pelo contrário. Mas idealize pequenas metas que estimulem para vitórias maiores no futuro. Antes de planejar o que deseja em 10 anos, pense no que é possível fazer em um ano para começar a mudar a sua realidade.

Autoavaliação – Seja honesta com você. Avalie seus pontos fracos e fortes. Só assim você saberá onde precisa melhorar e o que precisa mudar para atingir seus objetivos. Comece identificando suas habilidades, busque novos conhecimentos, reavalie escolhas e estratégias que não contribuíram para o seu crescimento profissional. Valorize seus pontos fortes e saiba como e quando usá-los.

Prazos – Estabeleça um tempo para cada uma de suas metas. Essa é uma boa estratégia para se manter focada nos seus objetivos. Avalie o que é necessário fazer ou modificar para que cada uma delas se concretize. Mas, atenção: cuidado com a autossabotagem. Estabelecer prazos impossíveis de serem cumpridos servirá como desculpa para desistir de seus sonhos.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade