Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês
Rodrigo Cintra Cabeleireiro há 27 anos, é um dos profissionais mais respeitados na área da beleza. Está há 15 anos na TV, sendo 11 deles como co-apresentador do programa Esquadrão da Moda (SBT). Também já comandou o reality Guerra das Tesouras. Foi eleito por diversas vezes como o melhor cabeleireiro do Brasil.

Penteados fáceis ajudam no dia a dia contra o coronavírus

Com os cabelos presos, diminuem as áreas expostas durante as saídas de casa e o contato das mãos com o rosto

Por Rodrigo Cintra - Atualizado em 11 ago 2020, 15h59 - Publicado em 7 ago 2020, 10h00

Em tempos de pandemia, toda forma de prevenção é útil para combater o contágio do novo coronavírus. Atualmente, são nos mínimos detalhes que encontramos soluções básicas para cuidar de nós e das pessoas que nos rodeiam, seja com o uso de máscara, álcool em gel, troca de roupas e sapatos ou até no jeito que administramos as madeixas.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, não é preciso cortar os fios e nem sempre andar com eles presos, salvo algumas profissões que precisam, sim, de um cuidado maior. Entretanto, ainda é uma forma eficaz de evitar o toque das mãos sujas no rosto  – afinal, quem nunca tirou uma mecha que caiu sob os olhos ou sob a boca?

Pensando nessas pessoas que precisam sair de casa, separei algumas dicas e técnicas. Mas, olha, vale também para você que está em casa e quer variar o look! Vem ver!

Coque clássico
Penteado rápido e que demanda poucos acessórios. É ótimo para deixar seu rosto sem fios soltos. Para sua construção, eleve as madeixas com a ajuda de um pente e prenda como se fosse um rabo de cavalo. Enrole o comprimento em torno do dedo e prenda com elástico revestido de tecido. As dicas para estilizar o look começam aqui: se você quer proporcionar um ar mais clássico e elegante, o coque baixo, na altura da orelha, é o indicado. Mas, se você deseja um visual moderno e despojado, aposte na altura do meio até o topo da cabeça, tendência nos últimos anos. Mas lembre-se, o intuito é garantir que seu rosto fique mais protegido. Por isso, os fios devem estar presos, e para isso, os grampos são fundamentais, assim como os finalizadores.

Andrew Parsons/Getty Images

Coque maria-chiquinha
E para ter um penteado preso de muito estilo e super moderno, você também pode apostar no coque maria-chiquinha, aquele que você divide bem o cabelo ao meio e, com a ajuda de um pente, puxe um lado para o topo da cabeça, como se fosse fazer um rabo de cavalo na lateral. Após essa etapa, os fios são enrolados com os próprios dedos e preso novamente com elástico. Repita do outro lado.

Getty Images/Reprodução

Rabo de cavalo trançado
Se você não quer prender totalmente as madeixas, uma dica é aderir ao rabo de cavalo com trança no comprimento. Puxe bem os fios para o topo e prenda com o elástico, revestido de tecido. Trance o comprimento, quanto mais justo e compacto, melhor. Lembre-se que a ideia central é deixar os fios o menos possível próximo ao rosto. Finalize também com um elástico de tecido na ponta.

 

Getty Images/Getty Images

Tranças boxeadoras
Quando pensamos em penteados que são funcionais, os cabelos trançados logo aparecem como inspiração de conforto e beleza. Copie o penteado: divida o cabelo ao meio e faça uma trança embutida de cada lado, bem firme à raiz e prenda as pontas com elástico. Pode borrifar spray fixador, mas mantenha uma distância de 15 a 30 centímetros entre o produto e o cabelo.

Getty/Reprodução

Dica bônus: Invista em acessórios
Se sua franja está grande, sem a devida manutenção, por conta da quarentena, os acessórios podem ajudar. Presilhas, grampos, faixas, lenços e tiaras são ótimos para levar os fios para trás, tirando-os do rosto, e criar penteados diferenciados para dar graça ao seu dia a dia.

Getty/Reprodução
Continua após a publicidade
Publicidade