Em cinco anos, gatos podem ser a maioria de pets no Brasil

Independência e custo-benefício impactam nessa preferência

Segundo levantamento realizado pelo Instituto Pet Brasil (IPB), divulgado pelo G1, o número de gatos como animais de estimação cresceu 8,1% entre 2013 e 2018. Já o de cães, que ainda são maioria nos lares brasileiros, aumentou apenas 3,8%.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Ao portal de notícias, Stephanie Caroline Botelho, médica veterinária com especialização em felinos, em até cinco anos os gatos devem ultrapassar o número de cães. A hipótese foi levantada por meio dos dados levantados na pesquisa e em outros estudos.

“O número de gatos está próximo de ultrapassar o de cães no Brasil. Até 2022, de acordo com levantamentos de órgãos responsáveis, haverá um gato para cada cachorro”, revelou a veterinária.

O fato dos felinos serem mais independentes e tomarem banho com uma frequência menor impacta na escolha da espécie para ter em casa.

Leia também: Cães também “pensam” nos problemas antes de dormir

+ Empresa cria primeira clonagem de gato

PODCAST – Está na hora de pedir aumento de salário?