Coragem: de onde vem?

Sua bravura é amplificada pela conexão com outras pessoas. Nossos superpoderes se reforçam

Diante da reunião difícil, do problema em família ou até do trânsito complicado, é provável que você respire fundo e diga a si mesma:

 – Coragem!

 Mas já parou para pensar onde está a fonte desse superpoder? Como acessar essa força que faz to-da diferença? Talvez sua mãe, uma amiga ou professora tenha explicado que coragem é algo que está dentro da gente. Que depende de cada pessoa ativá-la. Concordo em parte e quero convidá-la a mergulhar comigo neste assunto. Meu objetivo é dar a você uma ferramenta prática para acionar sua coragem quando mais precisar.

De fato, a coragem e todas as características que mais impactam nossos resultados no dia a dia, como semente, estão nas mentes e corações humanos. São superpoderes adormecidos, à espera de cultivo. Chamo de superpoderes tudo o que os estudiosos batizaram de habilidades socioemocionais ou soft skills -resiliência, empatia, cooperação, responsabilidade, coragem, entre tantas outras capacidades.    

 A Escola de Você (www.escoladevoce.com.br) é uma plataforma de cursos gratuitos desenhados para desenvolver essas habilidades que, infelizmente, não nos ensinaram na sala de aula. Acredite, é a presença delas que nos dá paz e sua ausência, agonia. Vamos partir da coragem, mas a lógica vale para a maior parte das habilidades socioemocionais:

O que parece ser exclusivamente interior, como sua capacidade de enfrentar uma dificuldade com bravura, tem muito mais a ver com os outros do que você imagina.

 Entenda o porquê

Somos seres sociais. O filósofo Aristóteles resolveu a charada séculos atrás. O que a frase significa é que nossa capacidade de realizar  está profundamente atrelada às relações que somos capazes de estabelecer. O que tenho dentro de mim é potencializado pelo apoio que sinto nas pessoas à minha volta. Pense na sua vida. Escolha uma situação qualquer e avalie como sua coragem depende dos fatores externos.

Enfrentar uma conversa difícil, um conflito qualquer é mais fácil se você não está sozinha. Mesmo que a pessoa não esteja fisicamente com você, saber que alguém te apoia traz segurança, correto? Sua bravura é amplificada pela conexão com outras pessoas. Nossos superpoderes se reforçam.

 Em resumo, tudo de belo que temos dentro é ativado com mais facilidade e rapidez se sentimos apoio. Pertencimento. Você conhece o conforto que vem de ouvir:

 – Tamojunto! 

 Ou

 – Vai que dá!

 Colocações simples, vindas de gente em quem confiamos, têm o poder de ativar o melhor em cada uma. É por isso que, mais que nunca, as alianças fazem sentido. A sororidade, a irmandade entre mulheres, é necessária. Mais do que nunca precisamos das melhores características humanas. Por isso, deixo a provocação: o que você pode fazer hoje para semear a coragem em alguém? E quem você pode acionar para sentir a conexão necessária para ativar a sua coragem? Essas pessoas são preciosas, indispensáveis, precisamos muito delas. 

De verdade, juntas somos SuperPoderosas.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s