Os melhores tratamentos para cicatrizes

Para obter melhores resultados, o ideal é começar cedo o tratamento

As cicatrizes são consequências de traumas e machucados na pele. Elas podem ser atróficas, hipertróficas, e também podem se transformar em queloides.

Elas ocorrem após agressões variadas, como corte cirúrgico, machucados, queimaduras, arranhões, peeling, laser, entre outros. Após o trauma, a pele desencadeia uma série de eventos, começando com a coagulação, seguida pela inflamação, formação de tecido de granulação, e remodelação, que é a produção de novo colágeno.

Várias situações podem interferir nessa sequência natural e complicar o processo de cicatrização. Entre elas, infecção, ruptura do ponto, alergia, exercício físico exagerado, entre outras. Além desses fatores, a genética familiar facilita a formação de cicatrizes hipertróficas e de queloides em pessoas predispostas.

O que é queloide?

O queloide é uma cicatriz anormal que aumenta além da conta, pois um machucado do tamanho de uma espinha pode se tornar do tamanho de um melão. Nas cicatrizes hipertróficas e queloides, o período inflamatório é mais demorado e a formação das fibras fica desequilibrada, excessiva, tornando a lesão vermelha, inflamada e endurecida pela fibrose.

Tratamentos

O tratamento de qualquer cicatriz cutânea deve ser feito o mais cedo possível para que os resultados estéticos sejam melhores. Hoje, quando os pontos de qualquer procedimento cirúrgico são retirados, já pode haver a recomendação de luz pulsada ou Dye laser para evitar inflamação prolongada.

Quando, após procedimentos ablativos como laser de CO2 e peelings químicos, houver áreas doloridas e avermelhadas, as mesmas devem ser tratadas precocemente, para evitar os queloides. Se mesmo assim a cicatriz se tornar hipertrófica, ela pode ser tratada com infiltração de corticoide, que diminui a inflamação e produção exagerada de fibras. Lasers como Dye Laser e Luz pulsada que agridem os vasos e interrompem a inflamação também são utilizados para esse tratamento.

Quando a cicatriz hipertrófica não apresenta mais inflamação, ela pode ser tratada com microinfusão de medicamentos na pele MMP®. Nesse caso, a medicação para fibrose é introduzida na pele com uma máquina similar à que faz a tatuagem que vibra de forma constante e introduz o remédio com agulhas finas, garantindo sua distribuição homogênea.

Além desses tratamentos com infiltração de corticoides, lasers e microinfusão de medicamento na pele, também usamos pomadas especiais e placas de silicone. Concluindo, tratar as cicatrizes precocemente é uma forma de conseguir os melhores resultados fisiológicos e estéticos para essas marcas tão perturbadoras.

Leia mais: Cuidados com os cabelos: principais danos e como combatê-los

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?