Motivos para hidratar a pele em qualquer época do ano

Mesmo as peles oleosas devem ser hidratadas todos os dias

A pele é chamada de barreira cutânea e funciona como um escudo de proteção para o nosso organismo. Porém, esse escudo não é inerte, mas sim altamente interativo.

A pele é uma barreira física semelhante a um envelope, uma barreira de homeostase que faz trocas ativas com o meio exterior e também uma barreira imunológica que nos protege de agressões por microrganismos e outros.

Hidratar a pele não é somente beber água diariamente, mas sim manter a mesma no lugar certo com o equilíbrio e funcionalidade corretas. Muitas situações favorecem a desidratação da pele como sol, vento, poluição, idade avançada, medicações, detergentes, solventes, sudorese entre outros.

A pele está em constante movimento produzindo células, lipídeos, fatores de hidratação natural. A camada mais externa da pele, chamada extrato córneo, descama constantemente e suavemente para manter a espessura equilibrada. As peles muito grossas ou muito finas têm problema de desidratação.

Os cuidados básicos com a pele são: limpeza, hidratação e fotoproteção. Esses produtos devem ser específicos para cada tipo de pele, local do corpo e idade da pessoa. Além disso, quando houver uma alteração como acne, rosácea, eczema, a escolha do produto também deve ser direcionada para isso.

Havia um conceito errado que peles com acne não precisariam ser hidratadas por já serem muito oleosas. Hoje, já está estabelecida que uma coisa não tem nada a ver com a outra, pois a falta de hidratação deixará a pele com acne ainda mais irritada e inflamada.

Existem dois tipos de hidratantes. Eles podem ser oclusivos e não oclusivos ativos e passivos. O hidratante oclusivo passivo funciona como uma barreira mecânica que impede a evaporação da água. A formulação desses hidratantes pode conter: óleos, vaselina, alantoina, petrolato entre outros.

Os hidratantes não oclusivos também podem ser ativos e passivos. O passivo é aquele que penetra na pele e puxa a água para si. Nesse caso podemos citar como exemplo os óleos minerais, o carbopol e silicones. No caso dos hidratantes não oclusivos ativos, além de reter a água, eles contribuem para o reequilíbrio da produção de lipídeos. Podemos citar como exemplo: glicerol, sorbitol, ureia, ácido hialurônico entre outros.

A pele necessita de hidratação todos os dias para que possa funcionar adequadamente, mantendo sua excelência em proteção.

Leia mais: Qual a diferença entre preenchimento e toxina botulínica?

Síndrome de burnout – Izabella Camargo conta a sua história no podcast Senta Lá, CLAUDIA