Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

Realidade ou milagre? Como funciona o peeling de fenol

O peeling de fenol tem bons resultados, mas o pós-operatório é difícil. A dermatologista Denise Steiner explica tudo sobre o procedimento

Por Da Redação Atualizado em 25 mar 2021, 12h55 - Publicado em 25 mar 2021, 16h00

O peeling de fenol é conhecido por promover grandes resultados para tratamento de rugas e flacidez, porém com dificuldade no período pós operatório.

Ele é um peeling químico em que, além do fenol, são misturados: óleo de croton, água e septisol.

Durante muito tempo a receita mais utilizada foi a do peeling de Baker, que usa essa mistura com uma concentração aproximada de 2,1% de croton e 50% de fenol. Esse peeling é bem agressivo e a recuperação da pele gira em torno de 3 meses.

Outro estudioso no assunto, Hetter, estabeleceu as concentrações exatas e permitiu que escolhêssemos a melhor concentração de croton, baixando a concentração de fenol para 35%.

A região dos olhos pode ser tratada com esse peeling para melhorar a flacidez e os famosos pés de galinha, equivalendo a um procedimento cirúrgico como a blefaroplastia.

A região da boca também pode ser tratada deixando o lábio projetado, bem delineado e sem rugas. O paciente que fará o peeling deve ser bem instruído sobre o preparo da pele e restrições do pós-operatório.

No momento do procedimento, a pele deve ser limpa e desengordurada e o peeling é passado com uma espátula ou gaze, deixando a pele com um frost esbranquiçado e homogêneo.

Continua após a publicidade

No momento da aplicação, o paciente sente dor por alguns segundos e depois ocorre o anestesiamento da pele.

O fenol tem cheiro forte e algum grau de toxicidade porém, quando aplicado em áreas menores, tem um metabolismo rápido, sendo que em 15 minutos foi totalmente eliminado do organismo.

Nos primeiros dois dias de pós operatório, há muito inchaço e exsudação (transpiração). Durante 5 a 7 dias há descamação e na sequência ocorre avermelhamento, que pode durar até 60 dias.

O resultado final é uma pele homogênea, tonificada, lisa, com menos rugas e flacidez. O efeito do resultado final é bastante prolongado, durando alguns anos.

A ação química da fórmula de Hetter (fenol) estimula a renovação da pele e também estimula a formação de colágeno efetivo e duradouro.

Este é um recurso de ótimo custo benefício para tratamento das consequências do fotoenvelhecimento.

Cuide da sua pele.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade