4 métodos para combater a celulite

O tratamento é difícil e depende de melhorar alguns hábitos, como a dieta investindo em uma alimentação hipocalórica com alimentos antinflamatorios

A celulite é caracterizada por alterações da superfície cutânea comprometendo principalmente a região das nádegas e coxas. Ela compromete cerca de 90% das mulheres causando baixa autoestima, além de nódulos, depressões e dor nas regiões afetadas.

A celulite está relacionada a retenção hídrica, ação dos hormônios femininos com hipertrofia do tecido gorduroso, distúrbios circulatórios, acúmulo de toxinas e fibrose dos septos de colágeno.

Fatores como dieta hipercalórica, pouca ingestão de água, sedentarismo, obesidade, diabete, ovário policístico entre outros contribuem para o aparecimento da celulite. Além disso, quanto mais a celulite progredir e permanecer na pele mais difícil será o tratamento, pois haverá uma cronificação da doença. O processo torna-se um círculo vicioso, pois quanto mais a pele está alterada pela celulite, mas ela piora.

O tratamento é difícil e depende de melhorar alguns hábitos, como a dieta investindo em uma alimentação hipocalórica com alimentos antinflamatorios como: verduras verdes e frutas vermelhas, menos açúcar e mais ingestão de água (5 a 6 copos por dia), além de priorizar o sono adequado e investir em exercícios aeróbicos e musculação.

O tratamento pode ser feito com associação de técnicas como subcisão, ultrassom microfocado e bioestimuladores como hidroxiapatita de cálcio e microagulhamento.

O tratamento ideal é uma combinação de 4 procedimentos:

  1. Subcisão – solta as traves fibrosas
  2. Ultrassom microfocado – emite calor que estimulando a formação de colágeno
  3. Bioestimulação – aplicação de bioestimuladores como hidroxiapatita de cálcio ou ácido polilático, substancias essas, que através de agulhas são injetadas na pele para corrigir as depressões e estimular a formação de colágeno.
  4. Microagulhamento – Uso de “rollers” agulhados, aplicados na pele que aumentam a irrigação e liberaram fatores de crescimento para melhorar a qualidade da pele.

A sessão é única e o tempo para recuperação gera em torno de 10 a 12 dias.

Então mãos à obra!

Leia também: Como tratar as mãos envelhecidas

4 procedimentos estéticos para rejuvenescer o pescoço

Já votou no Prêmio CLAUDIA? Escolha mulheres que se destacaram

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s