Clique e assine com até 75% de desconto
Conversa de Vó Natália Dornellas é jornalista, podcaster e ativista da longevidade. Procura por avós e avôs para prosear e histórias de #avosidade para contar. É criadora do podcast Conversa de Vó e cofundadora da plataforma 40+ AsPerennials

Com vocês, a vó Nêga, que vive no meio da Amazônia

Conheça Dona Arlinda, a vovó que adora cantar e diz que nem liga de não ter "voz boa", pois não canta para os homens, mas para Deus

Por Natália Dornellas Atualizado em 23 out 2020, 12h00 - Publicado em 23 out 2020, 18h30

Hoje eu vou contar a história da Doriane Paula, ou melhor, vou voltar duas gerações para apresentar dona Arlinda, a Vó Nêga, como a avó dela prefere ser chamada.

Vó Nêga, 90 anos, vive em Carajás Pada8, uma cidade-reserva de nome atípico no meio da Amazônia. Viúva desde muito cedo, ela nunca quis saber de chamego com outros homens, focou na família, na igreja e seguiu firme na caminhada que já a levou ao Brasil inteiro, pois sempre adorou tomar um avião.

Como não foi alfabetizada quando menina, fez um esforço extraordinário pra aprender a ler a Bíblia, seu objeto de devoção, e também deu seu jeito de hackear a tabuada para dar conta da matemática do dia a dia, pois segundo Doriane ela adora fazer conta de somar.

Vó Nega
arquivo pessoal/Divulgação

Para embalar as tarefas da casa, que faz questão de cumprir todinhas, pois não pretende parar nunca, Vó Nêga adora cantar e diz que nem liga de não ter voz boa, pois não canta para os homens, mas para Deus. Outra máxima sua é que “velho precisa ser todo cheiroso e ter, principalmente, a cabeça bem cheirosa pois ganha muito beijo”.

Sua mais recente descoberta foi um celular desses modernos para mexer no tal do “zap zap” e assistir ao culto on-line, mas ela ainda prefere ver as pessoas ao vivo e acaba de pegar uma carona para o Imperatriz para ver seus familiares.

Em breve, vou estar com ela numa visita virtual de domingo e, com certeza, deixarei vocês saberem dia e hora.

Vó Nega e sua família arquivo pessoal/Divulgação

 

Continua após a publicidade
Publicidade