O programa da Netflix que você não pode perder

Episódios revelam detalhes pouco conhecidos da vida de famosos como Obama, Malala, George Clooney e Jay-Z

Tem muita gente famosa por aí que é misteriosa. Ou que temos vontade de saber mais porque têm vidas tão interessantes. A Netflix resolveu nossos problemas com um lançamento recente: O Meu Próximo Convidado Dispensa Apresentações. O programa coloca personagens que despertam curiosidade de frente com David Letterman, o conhecido jornalista americano.

Letterman teve por 30 anos um talk-show na TV americana. Ele ficou famoso por levar celebridades, figuras políticas, grandes pensadores para bater um papo com o grande público. Em 2015, entretanto, Letterman, então com 68 anos, deixou seu posto na televisão sob boatos de que apresentadores bem mais novos de programas concorrentes estavam levando a melhor.

A Netflix resgatou a experiência de Letterman, sua deixa para farejar boas histórias e coragem para fazer perguntas ousadas e criou essa série de entrevistas. Em um dos episódios, ele fala para o rapper e produtor musical americano Jay-Z: “Eu fiz uma coisa terrível à minha família e magoei muito a minha mulher. Veio à público que você fez o mesmo. O que você fez para consertar?”, se referindo a quando Jay-Z, marido de Beyoncé, teve um notório caso extraconjugal.

O cenário inexistente – são apenas duas cadeiras em um palco escuro e a plateia – dá ainda mais destaque ao conteúdo do que está sendo falado ali. Para completar, Letterman grava algumas cenas externas, visitando lugares importantes para seus convidados ou dividindo hobbies. Com George Clooney, por exemplo, ele come hambúrguer, toma milkshake e conta piadas. Também visita a cidade natal do ator hollywoodiano, onde ainda moram os pais do galã. Ali, ele conta que Clooney e a esposa, a superadvogada de direitos humanos Amal, adotaram alguns refugiados para ajudá-los a recuperar suas vidas. 

Quando é a vez da primeira mulher a ser entrevistada, Letterman vai para Oxford, na Inglaterra, acompanhar um dia na vida da guia universitária, Nobel da Paz, ativista e autora Malala Yousafzai. A garota paquistanesa que ficou conhecida mundialmente após sofrer um atentado do Talibã hoje advoga pelo direito das meninas irem à escola. Com Letterman, ela se recorda de sua terra natal, à qual nunca mais voltou, fala dos hábitos de sua cultura e mostra o entusiasmo com a vida universitária.

Letterman entrevista ainda o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama – é o primeiro episódio, mas não é preciso seguir uma ordem. E hoje fica disponível no streaming o novo capítulo, com a empresária e atriz de sucesso, Tina Fey.

Alguns episódios dão vontade de ver mais, como é o caso da entrevista com Clooney, outros deixam a sensação de que faltou algo. Com Malala, por exemplo, as perguntas poderiam ser outras. Letterman tem, entretanto, pela primeira vez, a licença de se expôr, de sair do lugar de entrevistador algumas horas e contar histórias e experiências pessoais. Com menos de uma hora de duração, os episódios deixam qualquer fã de entrevistas e biografias cativado.

 (Netflix/Divulgação)

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s