Musical A Noviça Rebelde é programa para crianças e adultos

A peça fica em cartaz em São Paulo até fim de maio e tem sessões de quarta a domingo

Julie Andrews cantando e dançando sobre as colinas da Áustria é uma das cenas icônicas da minha infância. Da minha mãe também. A Noviça Rebelde, lançado em 1965, encanta gerações e provavelmente continuará assim enquanto for reprisado na TV. Pois agora, em São Paulo, também é possível se encontrar com a noviça no Teatro Renault. O musical estreou semana passada e fica em cartaz até 27 de maio. Depois, segue para o Rio de Janeiro.

 (João Caldas/Divulgação)

É um programa delicioso para crianças e também adultos, que ficam encantados desde a primeira cena do espetáculo, quando um coro de freiras surge no meio da plateia e segue até o palco, dando arrepios de tão lindo. No papel principal está Malu Rodrigues, atriz conhecida da TV, mas que já participou de musicais (ela inclusive interpretou uma das crianças em outra versão de A Noviça Rebelde, há dez anos). Durante todo o primeiro ato, mostra a  potência de sua voz e o carisma. A interação entre ela e as sete crianças é adorável. Menos destaque tem o capitão, interpretado por Gabriel Braga Nunes, que não parece tão confortável em cena.

Leia mais: Clássicos das Broadway ganham versões brasileiras

 (João Caldas/Divulgação)

Leia mais: Cinco filmes para você ver na Netflix e relembrar sua infância

No segundo ato, os clássicos salvam o ritmo, que diminui principalmente na cena do festival de música. Entretanto, algumas cenas são interrompidas pelas palmas para Marcelo Serrado, cuja veia cômica é conhecida do público (quem lembra do mordomo Clô?). O final chega rápido demais para quem é fã e está empolgado cantando as canções, mas, na verdade, já passava da meia-noite. Recomendo ir mais de uma vez para observar detalhes do figurino, a atuação da orquestra e também as propostas do diretor Charles Möeller de interação com o cenário móvel. Ele e Claudio Botelho, responsável pela versão brasileira, formam o duo responsável por levantar o gênero dos musicais do Brasil e, mais uma vez, eles têm nas mãos um sucesso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s