Cinco cantores talentosos com menos de 30 anos que merecem sua atenção

Quer músicas novas na sua playlist? Tente ouvir esses cantores!

O cantor Harry Styles, que fez parte da boy band One Direction, fez show ontem em São Paulo e sábado no Rio de Janeiro. Na capital paulista, ele lotou o Espaço das Américas e foi recebido por uma multidão com gritos ensurdecedores (faz sentido quando 80% da plateia tem mais ou menos 15 anos).

O show tem acabamentos redondos. Visualmente, é um escândalo, com belíssima iluminação e projeções cheias de cor e efeitos no telão sobre o palco. Além disso, é pontual (com duração exata de uma hora e meia). Ele cantou as dez músicas do CD homônimo, lançado no ano passado, três músicas do tempo de One Direction, fez dois covers e revelou uma canção que ainda não está em nenhum CD.

A banda acompanha com firmeza, mas sem brilhar. É verdade que Harry parecia um pouco rouco, tossia entre uma música e outra. Sua voz até falhou enquanto falava com a plateia. Talvez seja a intensidade da turnê, começada em setembro e que só acaba em julho – serão, no total, mais de 80 shows; talvez seja a falta de experiência solo de Harry no palco, afinal, o menino tem apenas 24 anos. Mas a verdade é que a intensidade do CD muitas vezes não é alcançada.

Nem por isso o show é ruim. Cumpre com as expectativas. E fica claro que Harry tem talento de sobra (sem mencionar a beleza, uma coisa meio Mick Jagger jovem). É por isso que sugiro dar uma chance para o CD dele. As minhas favoritas são From The Dining Table, Sign Of The Times e Carolina.

Se você estiver no pique, emende as trilhas de mais quatro cantores com menos de 30 anos e que fazem música boa.

 

Leon Bridges

Ele tem 28 anos, é o mais velho dessa lista, e canta soul e gospel com delicadeza e domínio pleno. O americano lançou em maio seu segundo álbum Good Things. Foi ele quem abriu o show de Harry Styles e, em alguns momentos, roubou a cena.

 

George Ezra

O britânico de 24 anos desembarca no Brasil em junho para cantar no Cultura Inglesa Festival. Seu primeiro CD, de 2014, homenageia em cada faixa uma cidade do mundo. As que ficaram mais conhecidas foram Barcelona e Budapest. Este ano, ele lançou outro CD, Staying at Tamara’s.

 

Sam Smith

O inglês de 26 anos se tornou conhecido após participar de uma canção da dupla de eletrônico Disclosure em 2012, mas só lançou seu primeiro CD em 2014. As canções não saíram das listas das mais vendidas. Escute Money On My Mind e Stay With Me – com certeza você vai se lembrar de ouvir nos rádios.

 

Shawn Mendes

Esse bônus é de um menino beeeem novinho, ele tem apenas 19 anos. O canadense postava vídeos na internet e ganhou muitos seguidores. Os primeiros CDs eram mais pop, mas o segundo, lançado este ano, foi destacado pela crítica como uma quebra de barreira do jovem, que estaria entrando para o rol dos grandes músicos da história e precisa ser observado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s