Os novos produtos que adiam o aparecimento de cabelos brancos

Os tratamentos chegam para complementar a rotina capilar e focam no cuidado com o couro cabeludo e fortalecimento dos fios

Disfarçar cabelos brancos não é uma regra. Ao contrário, assumí-los se tornou sinônimo de estilo e muita personalidade. Mas há quem prefira manter a cor e não se encontre na tendência dos brancos – e também não há nenhum problema nisso. A boa notícia é que podemos escolher e, cada vez mais, contar com a tecnologia e com a indústria cosmética para isso.

Recentemente, duas marcas conceituadas (Phyto e Sisley) lançaram suas versões de tratamento que prometem adiar o surgimento dos cabelos brancos. Ou melhor, a perda de melanina (pigmento que dá cor ao fio). O foco é o cuidado com o couro cabeludo – que reúne outras dezenas de benefícios para a saúde capilar, como nutrição e força.

A Sisley, que estreou há pouco tempo no segmento de hair care, tem uma linha de tratamento com xampu, condicionador, máscara e sérum fortificante. Este último, o Revitalizing Fortifying Serum, (890 reais), promete, entre outras coisas, proteger a cor natural do cabelo. De acordo com a marca “o sérum possui ingredientes ativos como extrato de linhaça e extrato de trigo, que inibem o aparecimento de fios brancos. Estes dois componentes estimulam a síntese e a transferência de melanina da fibra capilar, processo que naturalmente é afetado com o envelhecimento capilar”.

Já o lançamento da Phyto Paris, o Phyto RE30, é específico para evitar o processo de branqueamento do cabelo. De acordo com a marca, sua ação repigmentante é possível graças a presença de um peptídeo (RE30), molécula responsável por ativar a produção de melanina no bulbo capilar. Ambos possuem textura fluida e devem ser aplicados direto no couro cabeludo (uma massagem básica estimula a ação), após a lavagem comum.

Mesmo que a promessa não seja um milagre (a Phyto, por exemplo, alega uma redução de 30% dos fios brancos, em 3 meses), a novidade indica um caminho para quem sonha em retardar a perda de pigmento. E mostra que podemos esperar inovações incríveis na indústria cosmética.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s