Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês
Cynthia de Almeida Por Mulher S.A. Coluna da jornalista e estudiosa do comportamento feminino Cynthia de Almeida

Preserve sua privacidade para não ter problemas no trabalho

Tudo o que está nas nossas redes sociais, lembre-se, é público e passível de julgamento

Por Cynthia de Almeida - Atualizado em 28 ago 2017, 10h09 - Publicado em 28 ago 2017, 10h00

Fiquei indignada com a atitude do meu chefe: ele postou um comentário deselegante em uma foto minha no Facebook em que eu estava com amigas em uma happy hour. Como eu havia saído mais cedo para ir ao médico naquele dia, ele se achou no direito de dizer que “esperava que eu já estivesse melhor”. Devo fazer uma queixa formal ao RH sobre essa invasão à minha privacidade?

Você deveria, na verdade, pensar melhor sobre como preservar a sua privacidade. Por mais que tenha se aborrecido com o comentário irônico do chefe, veja que é melhor que ele o tenha feito. Do contrario, ele estaria desapontado ou bravo e você nem saberia disso.

Explico: mesmo que a sua happy hour com amigas nada tenha a ver com sua ida ao médico, quando devassamos nossa rotina a todos (e isso inclui seu chefe), estamos sujeitas as interpretações equivocadas sobre nossos atos.

Tudo o que está nas nossas redes sociais, lembre-se, é público e passível de julgamento. No seu trabalho, colegas, chefes, clientes, etc, sabem mais da sua vida do que seria interessante revelar. Mesmo um encontro inocente para um drinque com amigas pode ser entendido como um “flagrante no dia em que você se ausentou para ir ao médico.

Continua após a publicidade

Minha sugestão? Procure o chefe e explique que o encontro foi depois da consulta. E nem sonhe e responder via Facebook!

Leia mais: Não tenha medo de propor projetos em sua empresa. Arrisque-se!

 

Publicidade