Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês
Cynthia de Almeida Por Mulher S.A. Coluna da jornalista e estudiosa do comportamento feminino Cynthia de Almeida

Acha que é uma fraude no trabalho? Saiba como agir

Complexo da impostora costuma atingir muitas mulheres e atrapalhar crescimento profissional

Por Cynthia de Almeida - 17 abr 2018, 00h02

Já me disseram que eu sou uma louca perfeccionista, mas o fato é que desconfio que sou uma fraude e que serei descoberta a qualquer momento

A síndrome da fraude ou o complexo da impostora costuma se abater (na maioria das vezes de forma injusta) sobre um grande número de mulheres.

Infelizmente, por trás da denominação engraçadinha está um dos maiores obstáculos ao nosso crescimento na carreira.

As mulheres se cobram demais e pensam: “eu cheguei até aqui sem que percebessem que sou uma enganação, se eu for promovida ou quiser mais, aí vou ser ‘descoberta’”, exatamente como você falou.

Confira estes sinais para ver se não está pegando muito pesado com você mesma:

  • Você não consegue aceitar elogios. Toda vez que recebe algum, fica tentando repassar o crédito ou explica que, na verdade, “não fez mais que a obrigação etc.”. Pare já com isso. Aceite, agradeça e pronto.
  • Sempre inclui um “mas” na hora de apresentar uma tarefa ou projeto concluído.Mas, faltou tal coisa, mas poderia ser melhor, mas eu ainda gostaria de ter feito diferente.” Tente tirar o “mas” das suas frases.
  • Acredita mais nos insights alheios do que nos seus. Não há nada errado em ouvir e aprender com os outros, mas dê uma chance a si mesma e acredite primeiro nas suas próprias sacadas.
  • Acha que a culpa é sempre sua. Tente se poupar de assumir todas as culpas por tudo. Aceite que muitas vezes as coisas dão errado e que há muitas circunstâncias que estão fora do seu controle.
Continua após a publicidade
Publicidade