4 truques para poupar sem sofrer

Para conseguir economizar, você precisa transformar a sua mentalidade com seu dinheiro

Quando converso com mulheres sobre dinheiro, ouço todo tipo de desabafo possível, mas o mais comum deles é: “nunca sobra dinheiro”. Já perdi a conta de quantas vezes alguém me disse que poupar era impossível, pois o salário nunca dava conta dos gastos e que nunca sobrava nada.

O problema é justamente esse: encarar dinheiro como sobra. Sobra é algo que, infelizmente, a gente desperdiça, joga fora, gasta mal… Para conseguir poupar, você precisa transformar a sua mentalidade com o seu dinheiro.

Eu já trouxe algumas dicas sobre este assunto aqui. No entanto, decidi voltar a falar sobre o tema aqui nesta coluna após ler um artigo da cientista comportamental Wendy De La Rosa, em que ela trazia diversos truques psicológicos que nos ajudam a poupar.

E não tem nada de ilusionismo aqui. Com base em diversos experimentos, ela provou que temos muito mais chances de conseguir poupar com regularidade se adotarmos algumas medidas simples.

São elas:

1- Não pense no seu salário mensal – veja o semanal

Criar um orçamento e fazer um planejamento financeiro com base em quanto ganhamos por mês pode ser um desafio grande. Por isso, que tal dividir o seu salário por 4 e pensar nele como um ganho semanal? Quando fazemos isso, a tarefa fica mais simples e menos sofrida.

    2- Comprometa-se com antecedência

    Wendy fez um estudo para saber quanto as pessoas gostariam de poupar da sua restituição do Imposto de Renda. Ela entrevistou dois grupos de pessoas: o primeiro antes mesmo de fazerem a declaração do IR, e o segundo logo após receberem a restituição. Quem pensou na restituição lá na frente, com antecedência, informou que pouparia 27% do valor. Já o segundo grupo decidiu que iria poupar, em média, apenas 17%. Se você se compromete poupar um valor antes mesmo de saber quanto vai receber, você tem mais chances de querer poupar mais. Toda vez que for receber uma grana extra, adote esta técnica!

    3- Use momentos de transição para sua vantagem

    Os psicólogos chamam isso de “efeito recomeço”. Temos sempre ótimas intenções quando fazemos aniversário, fazemos promessas de ano novo… Por isso, antes do seu próximo aniversário, que tal assumir o compromisso de poupar uma parte do que ganha?

    4- Coloque um limite nos gastos frequentes

    Fique de olho nos seus hábitos: se você anda de Uber para cima e para baixo, ou adora ir sempre tomar um café expresso em algum lugar, veja qual é o custo deles acumulado no mês. Você pode estabelecer que vai andar de Uber apenas 3 vezes por semana e, nas outras ocasiões, preferir ir de bicicleta ou de transporte público, por exemplo. A diferença dos gastos você poupa.

    Se você quer mais dicas de como guardar e economizar, acesse o site Finanças Femininas!

    Leia também: Como dividir os gastos com o seu parceiro?