Desculpe, eles não sabem o que fazem (Lucas, 23:34)

Em minhas preces diárias tenho duplicado minhas orações. Deus não segrega, Deus acolhe

Entre Brigittes e beijaços, temos tantas desculpas cívicas a pedir. Me envergonho de tamanhas sandices, mas evito voltar a polarização do Ele sim/Ele não. Meus inimigos estão no poder, então xô hipocrisia porque não quero bater palma pra macaco dançar.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Meu tema é a maturidade e tenho reparado nos pequenos delitos/deslizes contra os maduros. Eu sei que hoje não dá pra saber se a mulher tem 39, 52 ou 64 anos, mas sobretudo as que querem maior liberdade de visual – adotando cabelos brancos, quilos a mais, verve solta – são taxadas de barangas. Quem disse?

E as que se assumem seniors gays? Abusadas por maridos violentos – econômica e verbalmente bem como na porrada mesmo – elas querem mais amor, por favor. Vejo pares 50+ redefinindo sua sexualidade atraindo mulheres para sua cama. O sexo é um detalhe. Elas procuram companhia, gentileza, afeto e porque não um novo gozo? Eu celebro cada vez mais as diferenças.

Confesso que ainda preciso de um glossário para binário e não-binário mas estou adorando essa liberdade para existirmos à nossa maneira. E agora vem o poder e censura de forma tosca toda forma de amor? Chama de velha e feia a francesa? Manda caçar livros?

Desolée demais com os que andam armados de Bíblias e pistolas. Tá faltando educação para população. Sobretudo em Vossas Excelências. Em minhas preces diárias tenho duplicado minhas orações . Deus não segrega. Deus acolhe. Então Presidente e Prefeito, bora pedir mais desculpas para o Criador? Ou vão criar polêmica com Ele também? Ah! Jesus! 

Leia mais: Amazônia

PODCAST – Está na hora de pedir aumento de salário?