CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

7 técnicas infalíveis para seduzir o crush apenas com a linguagem corporal

E o melhor: as dicas servem tanto para casais heterossexuais quanto homossexuais

Por Kalel Adolfo Atualizado em 11 mar 2022, 12h26 - Publicado em 11 mar 2022, 10h43

Conquistar alguém não é uma tarefa fácil: precisamos ter atração física, emocional e intelectual por quem estamos interessados. Cultivar todos esses “requisitos” demanda bastante paciência, e claro, uma verdadeira conexão com o outro. Porém, existem um ótimo “atalho” para facilitar tudo: a linguagem corporal.

Pode parecer que não, mas a linguagem corporal é capaz de dizer muito mais do que as palavras. Com simples gestos ou expressões faciais, transmitimos potentes mensagens de sedução que são captadas e processadas pelo cérebro, mesmo que de forma inconsciente.

Agora, a pergunta que não quer calar: como fazer isso? Quais são as técnicas de linguagem corporal que podemos utilizar na hora da conquista? Para descobrir isso, Claudia conversou com João Oliveira, psicólogo e mestre em linguagem não verbal. Confira:

O segredo está no nariz

Não é exagero: é possível saber se alguém está atraído por nós ao prestar atenção às suas narinas. O contrário também funciona, já que realizar alguns movimentos com o próprio nariz provoca reações no próximo.

“Quando você está interessado em alguém, as abas do nariz mexem-se como se estivessem farejando algo. Isso acontece por conta da captação dos feromônios, que não possuem odor. Assim que o feromônio chega ao cérebro, a mente decodifica a partícula e a traduz como interesse sexual”, explica o mestre em linguagem não verbal.

E é aí que entra o truque: “Quando você estiver na frente da pessoa que deseja seduzir, faça esse movimento de ‘farejo’ de maneira consciente, porém sutil. O indivíduo não irá entender o que isso significa, mas dentro dele, há um sistema de recepção e acolhimento desse sinal. Sendo assim, o inconsciente do outro identifica que você está interessado nele, e automaticamente, ele ficará interessado em você”.

Atenção aos ombros e cabeça

Quando uma pessoa quiser te conquistar, repare: ela irá elevar e ajeitar os ombros quando estiver passando por você. Essa é uma linguagem corporal que acentua a autoconfiança e a dominância perante o “alvo”.

“As pessoas também erguem levemente o rosto ao passar por um pretendente, para demonstrar serem saudáveis”, revela o especialista. Esses são movimentos inconscientes, mas você pode fazer de propósito. Porém, cuidado: tente não levantar muito a cabeça, pois o inconsciente alheio pode interpretar o gesto como arrogância. O contrário — ficar com a cabeça baixa — também deve ser evitado. O ideal é elevar a cabeça a um ângulo um pouco maior que 90 graus”, indica.

Jogo da mesa

O jogo da mesa funciona tanto como um indicativo da relação quanto como uma forma de conquista. Mas o que isso significa? “Sempre que sentamos em alguma mesa, o nosso cérebro automaticamente cria uma linha imaginária que divide o objeto em duas partes: metade é minha, e a outra é sua”, esclarece. E o que fazer com isso?

Durante uma conversa, pegue um objeto seu e passe para a parte da mesa que “pertence” ao outro. “Não é para fazer um movimento brusco, visível. Faça sem chamar a atenção”, avisa João.

Se a outra pessoa não se importar, isso significa que o nível de afeto entre vocês está elevado. Portanto, seduza sem medo. Agora, se o outro devolver o objeto de maneira inconsciente, é sinal de que o clima não está tão quente quanto deveria e você provavelmente vai levar um fora.

Continua após a publicidade

A dica é: tente sempre sentar com a pessoa desejada em uma mesa. Dia após dia, vá colocando objetos pessoais na parte dela. Quando ela finalmente não estiver ligando para isso, é o momento de tentar uma conquista.

Gesticule com as mãos

João avisa: ao conversar, nunca gesticule com as mãos acima do abdômen, pois isso é lido pelo cérebro como um comportamento de “ataque ou defesa”. O ideal é movimentar as mãos sem ultrapassar a região abdominal.

“Ao sentar numa mesa, deixe as palmas das mãos voltadas para a pessoa. É um gesto que representa entrega ou busca”, afirma o especialista.

Aliás, outra dica infalível: ao convidar alguém para um date romântico, faça isso com as palmas das mãos viradas para a pessoa. “Isso muda tudo”, declara.

Nunca cruze os braços

Para João, cruzar os braços é a morte da conquista, pois o gesto sempre simboliza coisas ruins. “Isso mostra que a pessoa não está disponível ou aberta para se conectar”, alerta.

Balance a cabeça positivamente durante uma conversa

Às vezes, nós ouvimos muitas besteiras durante uma conversa. Mas se mesmo assim você estiver interessada em conquistar o boy (ou girl), engula seco e faça movimentos afirmativos com a cabeça constantemente. É quase um sorria e acena. Isso fará o próximo se sentir aceito e acolhido, aumentando o potencial da sedução.

Como escolher a pessoa certa numa festa

Se você estiver em uma festa e encontrar alguém acariciando o braço, pode investir. Segundo o especialista em comunicação não verbal, o movimento representa carência e necessidade de conexão. “Cumprimente essa pessoa e se abra emocionalmente. Compartilhe vivências íntimas. Isso irá criar uma linha de afeto automática, porque todos queremos estar com nossos iguais”.

Sinais que o relacionamento não está saudável

Após conquistar o crush, é necessário entender se a relação entre vocês está harmônica. E adivinhe: a linguagem corporal também traz informações sobre isso. “Se um casal está andando na rua como se fossem ‘soldadinhos’, quase marchando, o relacionamento não está muito bom, pois não há um equilíbrio entre as partes”, revela João.

“Agora, quando eles andam com os pés quase colados, sempre buscando proximidade, há um ecossistema saudável na relação”, aponta. Portanto, da próxima vez que estiver andando com aquela pessoa que você conquistou, prestar atenção na forma em que vocês andam pode ser bastante útil.

Continua após a publicidade

Publicidade