Operação resgate: Como recuperar o corpo depois de certos abusos ou descuidos

Final de semana com muita comida pode ser recuperado com uma dieta detox. Saiba como corrigir este erro e outros, tais como ficar muito tempo acima do peso ou até mesmo fazer dietas muito restritivas

 

Um fim de semana de comilança

O dano
“Dois dias de excessos podem anular uma semana inteira de sacrifícios”, alerta a nutricionista Paula Ribeiro, do Rio de Janeiro. O resultado desse deslize é o aumento de até 2 quilos na balança. O excesso de alimentos gordurosos e pouco saudáveis afeta ainda o intestino.

 

Tempo de recuperação
De quatro a seis dias.

 

Plano de reabilitação
O ideal é passar a semana com uma dieta detox. “Corte alimentos industrializados, frituras e doces e aumente a ingestão de água e chás diuréticos para eliminar as toxinas acumuladas durante o fim de semana”, recomenda Amilton. No entanto, o que vale é manter o equilíbrio sempre. Para conseguir isso, a dica é adotar um sistema de compensação. Sugestões: exagerou no sábado e no domingo? Consuma metade das calorias por dois dias. Abusou no almoço? Pegue leve no jantar ou exercite-se mais naquele dia.

 

Seis meses sem exercício físico

O dano
Isso depende da sua alimentação durante esse período, do seu condicionamento físico prévio e da sua genética. De modo geral, o prejuízo imediato é a perda de massa muscular, que reduz as medidas em até 2 centímetros e é seguida de aumento de flacidez e gordura. “Depois, caem a resistência cardiovascular, o fôlego e a força”, afirma Pollyana Takao, educadora física da academia Bodytech Eldorado, em São Paulo.

 

Tempo de recuperação
De quatro a cinco semanas para recobrar o condicionamento físico e outras oito semanas para voltar a ter a mesma força.

 

Plano de reabilitação
“Você precisará de muito mais esforço para realizar os exercícios que fazia antes”, alerta Pollyana. Por isso, o treino de readaptação começa leve e se intensifica aos poucos. Se a malhação consistia em duas sessões por semana de duas horas, retome com quatro treinos semanais de 30 minutos. E vá aumentando a carga e o número de séries e repetições.

 

Um ano acima do peso

O dano
Leva ao acúmulo de gordura visceral, que fica nas camadas profundas do abdome e é uma das mais perigosas. O excesso de peso também compromete o metabolismo e diminui a resistência.

 

Tempo de recuperação
Três meses para perder até 10 quilos de forma saudável. Para 20 quilos, seis meses no mínimo.

 

Plano de reabilitação
O emagrecimento exige uma mudança radical de hábitos. “É preciso incluir na sua rotina atividade física pelo menos três vezes por semana, em sessões que aliem exercícios aeróbicos e de força”, afirma Pollyana. Já a alimentação deve priorizar baixa (ou nenhuma) ingestão de doces e de frituras e grande quantidade de verdura, proteína magra e fibras. A boa notícia é que, se você já exagera na comida há tempos, tende a emagrecer mais rápido do que quem nunca faz dieta. “O metabolismo de pessoas que ingerem grande quantidade de calorias é muito acelerado, e isso facilita a perda de peso”, explica o médico ortomolecular Amilton Macedo, de São Paulo. O recomendado nesses casos é buscar ajuda profissional.

 

Uma semana de dieta bem restritiva

O dano
Para o médico ortomolecular Amilton Macedo, a dieta mais prejudicial é a que elimina todo carboidrato. “Na falta dele, o corpo usará como fonte de energia a proteína, cuja principal função é a formação dos músculos”, explica. Assim, o metabolismo é comprometido. A falta de nutrientes ainda pode causar alteração no pH do intestino e prisão de ventre.

 

Tempo de recuperação
Duas semanas, em média, são necessárias para que a flora intestinal se recomponha.

 

Plano de reabilitação
Restabeleça rapidamente o equilíbrio na sua dieta, que deve ser rica em frutas, legumes e vegetais. Comece com porções pequenas para não sobrecarregar o organismo de cara. Para regularizar o intestino, priorize as fibras, abundantes nos carboidratos integrais. “Se ingerirmos farinha branca logo após um período de restrição, o peso anterior volta rapidamente”, afirma o médico.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s