9º dia – Como diminuí meu colesterol em 21 dias – sem remédios

Acompanhe o meu diário e descubra como eu fiz para conquistar uma vida mais saudável. Vida real mesmo, nada de lero-lero!

A segunda consulta.

Visitei hoje a doutora Bianca e boas notícias: perdi 500 gramas de gordura e ganhei 500 de músculos! Ela me disse que esta já era uma grande conquista, pois o músculo é o lugar onde a gordura armazenada é queimada  e usada como energia. Ou seja, mais músculo requer mais energia!

Me sentindo:

Giphy

Giphy

Recebi muitos elogios pelo andamento da dieta e ela disse que eu poderia continuar do jeito que estava com mais alguns ajustes. A granola que eu comia junto com o iogurte da tarde foi substituída por farinha de aveia para conseguirmos diminuir os números da balança. O iogurte pós-treino foi substituído com uma versão com mais proteína. E vocês se lembrar que eu falei do Whey Protein? A doutora é super a favor do uso deste suplemento, mas disse que se eu quiser tomar, pode ser depois de um mês de treino e dieta. Assim meu corpo poderia se adaptar melhor a uma nova rotina.

Mais novidades: ao comentar minha vontade louca de doces, soube que poderia comer um chocolate pequeno ou uma paçoquinha de aveia (que é uma delícia) quando sentisse vontade! Fiquei aliviada e corri para achar o docinho de amendoim saindo do consultório. Mas ela me recomendou que eu ingerisse os doces junto com algum outro alimento por conta do processo metabólico. Se a gente comer um chocolatinho, de tarde, antes ou depois de um iogurte, ou até do almoço, diminuímos o índice glicêmico que o nosso corpo recebe com a injeção de açúcar e esta se torna uma atitude mais saudável e menos nociva.

Também comentei com ela que me sentia enjoada pela manhã após tomar o polivitamínico, e por isso que eu parei. Ela me explicou que é normal essa sensação por conta da quantidade de ferro presente no comprimido. Me recomendou que eu tomasse antes de dormir, assim evitaria o mal estar. Aproveitei também para perguntar de quais alimentos eu teria que fugir, mesmo nas refeições off, e imaginei uma resposta como sorvete, pele de frango etc e tal. E ela me surpreendeu: “Não existe o pior alimento. O que é pior é não comer os bons, que são verduras, legumes, carnes magras, ovos e derivados. O que as pessoas têm que entender é que funciona como organizar seu dinheiro – gasta-se um pouco ali, economiza um pouco aqui, e por aí vai”.

Achei que a resposta dela merecia ser compartilhada neste post, pois assim fica mais claro que ter uma vida mais saudável não é um desafio impossível. Basta saber administrar a sua rotina. Não precisamos abrir mão de tudo e viver sem leveza. Esta fase dos 21 dias merece atenção especial por conta do desafio. Mas ainda assim não preciso mudar a minha vida por conta dele. Todos nós podemos, basta ter vontade!

Continue me acompanhando e amanhã eu conto mais sobre como foi meu dia hoje 😉 Agora vou sair correndo – literalmente! Vou aproveitar a noite para fazer um exercício ao ar livre! Qualquer dúvida, me escreva. O link para todos os dias do diário você encontra aqui. BEIJOOOOS!!!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s