Sequestrada por ex, mulher aparece morta após 18 dias

No interior de MT, a comerciante Cleide dos Santos, de 40 anos, foi raptada e assassinada pelo ex-companheiro

A comerciante Cleide Vanda Félix dos Santos, 40 anos, foi encontrada morta na última terça-feira (27) em Lucas do Rio Verde, no interior de Mato Grosso, depois de ficar 18 dias desaparecida. De acordo com a Polícia Civil do estado, ela foi morta pelo ex-marido, o caminhoneiro Gilberto Pereira de Souza.

O motorista de caminhão confessou o crime à polícia e disse que matou a ex-esposa porque recebia ameaças de traficantes motivadas por dívidas de drogas da época em que ainda tinha um relacionamento com a vítima.

Leia mais: Mulher é morta pelo marido durante brincadeira com arma

Para efetivar o assassinato, Souza sequestrou a ex-companheira antes de matá-la. O rapto aconteceu em frente ao estabelecimento comercial em que Cleide trabalhava. Testemunhas que estavam no local presenciaram o momento em que um homem colocou a vítima à força dentro de um veículo, que saiu em alta velocidade pela cidade.

Segundo as autoridades policiais, a comerciante estava desaparecida desde 9 de junho. No mesmo dia em que foi sequestrada, Cleide foi levada a uma estrada na região de Lucas do Rio Verde, onde o ex-marido lhe agrediu com um golpe de facão no pescoço. “Ela foi morta com golpes de facão e teve o corpo arrastado para a beira da rodovia. Esconderam o corpo em uma mata fechada. O Gilberto confessou e chegou a comentar que nem estava arrependido [de cometer o crime]”, disse o delegado Daniel dos Santos Nery ao portal G1.

Além de Souza, a atual esposa do caminhoneiro, Madalena Pires da Silva, e uma terceira pessoa também foram presas por terem participado dos crimes contra Cleide.

Leia mais: Mulher é encontrada morta dentro de porta-malas do próprio carro

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s