Crianças sírias usam pokémons para pedir socorro

O jogo "Pokémon Go", para capturar monstrinhos virtuais, é um sucesso. O Exército Livre da Síria aproveitou disso para chamar a atenção das crianças que sofrem com a guerra no país.

O mundo todo está falando de Pokémon Go – jogo que usa realidade virtual para capturar os personagens da Nintendo que eram febre nos anos 1990. O que ninguém está falando é sobre as crianças sírias que sofrem com a guerra civil no país. Por isso, o Exército Livre da Síria aproveitou desse momento para chamar atenção da comunidade mundial para a causa. 

 A guerra civil da Síria já se prolonga por cinco anos e os pequenos estão sofrendo com isso. Por esse motivo, o Escritório de Imprensa das Forças Revolucionárias Sírias, formado por jornalistas que apoiam opositores do  presidente Bashar al-Assad, publicou fotos das crianças segurando pokémons para que o mundo preste atenção nelas, já que estão todos engajados em encontrar e capturar os monstrinhos virtuais.

As imagens foram divulgadas no Twitter acompanhadas das hastags #PokemonInSyria#PrayforSiria. Nas publicações, as fotos eram acompanhadas de frases como “há muitos Pokémons na Síria, vem me salvar, “estou em Idlib, vem me buscar” ou “estou na Síria, vem me salvar”. Veja:

Reprodução/RFS

Reprodução/RFS

Reprodução/RFS

Reprodução/RFS

Reprodução/RFS

Reprodução/RFS

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s