O livro favorito do brasileiro

Estão dizendo Dom Casmurro é o livro que representa o brasileiro. Você concorda?

Não importa o tamanho da onda literária, pode ser 50 Tons de Cinza ou Harry Potter, o livro mais vendido do mundo continua sendo a Bíblia. Uma pesquisa de 2012 da Business Insider dizia que, nos últimos 50 anos, a Bíblia tinha vendido 3,9 bilhões de cópias. Isso é mais da metade do que o números de pessoas hoje no mundo.

Começo a coluna dessa semana com esse dado só para dizer que hoje vamos falar de livro, coisa que não falávamos há tempos. A questão é que, apesar da primeira colocação disparada da Bíblia, outros fenômenos surgem a cada ano e causam comoção até nas redes sociais. A mais recente é da italiana Elena Ferrante (que eu recomendo muitíssimo).

(Divulgação/Divulgação)

O que me deixa feliz, acima de qualquer autor ou livro do momento, é que livros estão sendo lidos. E o aumento das vendas comprova isso (no ano passado, inclusive, as vendas de livros de papel cresceram depois de quatro anos de queda). Às vezes eu acho (outras tenho certeza) que a leitura é subestimada.

Ler ficção nos garante uma válvula de escape dessa realidade cada vez mais exigente. Já os livros de não-ficção trazem crescimento e evolução, um tipo de terapia. Esse efeito é tão comprovado que um instituto português lançou um tratamento psicológico à base de leitura. A matéria do Nexo conta que a clínica oferece outros cuidados, como medicina chinesa e massagens terapêuticas. Um especialista conversa com o paciente, identifica suas necessidades e entende seu gosto literário antes de sugerir uma série de leituras para tratamento de sua condição. Os títulos variam, mas entre os mais recomendados estão O cavaleiro preso na armadura, de Robert Fisher, e O velho e o Mar, de Ernest Hemingway (outro autor que eu recomendo muito!).

Se a promessa de uma vida mais equilibrada não a convenceu a ler mais, sugiro essa lista que montamos no começo do ano, uma sugestão facilitada com títulos bons e variados.

Continuando a conversa sobre livros, queria trazer uma última discussão: se a Bíblia é o livro mais lido no mundo, qual é o favorito do brasileiro? O que nós mais gostamos de ler? O que nos representa? Segundo esse mapa elaborado por um usuário do Reddit, Backforward24, seria Dom Casmurro. O livro de Machado de Assis é leitura obrigatória nas escolas e levantou um mistério até hoje não respondido: teria Capitu traído seu marido, o protagonista Bentinho?

(Backfoward24/Reddit/Reprodução)

Nunca saberemos e a discussão deve perdurar uns anos. Mas o que eu quero lançar aqui é outra polêmica. Dom Casmurro é mesmo nosso livro preferido? Lá na página em que o mapa foi publicado, as discussões esquentaram. Muitas pessoas ficaram insatisfeitas com os livros escolhidos para seu país (o critério foi totalmente subjetivo, da cabeça do criador, então não pode ser levado tão a sério, ok?).

Fiquei pensando em outros livros que são muito representativos, tipo Vidas Secas, do Graciliano Ramos. Ou qualquer um do Jorge Amado. Ainda tem toda a poesia de João Cabral de Melo Neto. Ou, quem sabe, Romanceiro da Inconfidência, da Cecília Meireles, e os dramas psicológicos angustiantes de Clarice Lispector. A lista é longa. E para você, qual o melhor livro nacional?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s